Enersugar Bioenergia
Enersugar realiza segunda reunião com produtores de cana de região

18/09/2021

Enersugar realiza segunda reunião com produtores de cana de região

Agricultores conheceram as instalações da usina e os modelos inovadores de contratos para remuneração de fornecedores de matéria-prima

 

A Enersugar Bioenergia realizou na quinta-feira (16/09) a segunda rodada do Projeto Enersugar para Produtores de Cana-de-Açúcar. Sócios e diretores receberam convidados para visita às instalações em Ibirarema e apresentação de propostas comerciais visando contratos de fornecimento de matéria-prima nas próximas safras. O objetivo do evento, que dá seguimento ao primeiro encontro realizado em 26 de agosto, é estreitar as relações com os fornecedores e apresentar a nova filosofia empresarial que prima pela transparência e segurança comercial e jurídica. 


Os agricultores convidados, que atuam na região entre Bernardino de Campos e Cândido Mota, além do Norte do Paraná, foram recebidos pelos sócios-administradores Dorival Finotti e Sylvio Ribeiro. Também participaram os diretores Melchiades Terciotti (geral) e Antônio Carlos Viesser (industrial) e o gerente agrícola Valter Sticanella, acompanhados de chefes de setores administrativos, financeiros e operacionais da usina. 

Sylvio Ribeiro deu as boas-vindas aos convidados e falou das ações da Enersugar


O evento foi iniciado com visita às instalações, quando os convidados receberam informações sobre os processos de produção e os equipamentos utilizados, além das melhorias e ampliações. Os agricultores também conheceram os sistemas de produção do açúcar VHP (alto teor de sacarose), etanol hidratado e energia elétrica pelo sistema de cogeração.


Na Casa de Eventos da empresa, os produtores participaram da palestra Projeto Enersugar para Produtores de Cana-de-Açúcar. Sylvio Ribeiro falou sobre a nova filosofia de trabalho da empresa, apresentou a equipe de gestão e destacou o sistema de governança, que está atingindo a eficiência planejada. O sócio enfatizou ainda os investimentos previstos até 2030, destacando a geração de empregos e o desenvolvimento para a região. 

 

Sócios, diretores e produtores rurais se reuniram em Ibirarema

 

Propostas inovadoras à escolha do produtor

O diretor Melchiades Terciotti disse que a usina trabalha com 100% de matéria-prima de fornecedores e tem propostas inovadoras que possibilitam oferecer várias opções e formas de contratos de fornecimento. Ele revelou que a Enersugar tem capacidade de produção de 900 toneladas de açúcar/dia e de 600 mil litros de etanol/dia, com flexibilidade para direcionar o processo ao produto mais rentável a cada momento.

Melchiades Terciotti destacou a flexibilidade do processo industrial e os benefícios aos produtores

Melchiades Terciotti destacou a flexibilidade do processo industrial e os benefícios aos produtores


Com propostas inéditas, a Enersugar oferece cinco opções de remuneração aos produtores, que podem receber pelo volume de açúcar ou etanol produzido, assim como por modalidades mistas que consideram as cotações da ATR e o preço por tonelada. Melchiades Terciotti, que esclareceu dúvidas dos participantes, destacou ainda o fornecimento gratuito de torta de filtro resultante do processo industrial, um fertilizante que contribui para o desenvolvimento dos canaviais. 

 

 

USINA COMO FONTE DE ENERGIA

Dorival Finotti encerrou a reunião lembrando os desafios da Enersugar, criada com a proposta de desenvolvimento em longo prazo e visão de futuro, e que se tornou fonte de empregos e de desenvolvimento regional. Visionário, ele enfatizou as oportunidades de inovação que podem surgir no setor de energia, considerando a cana como fonte de energia limpa e importante sequestradora de carbono. 


Finotti revelou que, além de açúcar e etanol, a Enersugar pode se adequar para produzir até 38 mil megawatts/hora (MWh) de energia elétrica, volume próximo à média gerada pela usina hidrelétrica de Canoas II, em Palmital, que é de aproximadamente 40 mil MWh. Finotti citou esse novo mercado como muito promissor e do qual os produtores também poderão participar por meio de contratos específicos.


Citando as várias opções de modelos de fornecimento oferecidos pela Enersugar, Finotti destacou a filosofia corporativa que faz com que os parceiros “cresçam juntos com a empresa”. O sócio revelou ainda projetos futuros de implantação de uma fábrica de adubo para aproveitamento dos resíduos industriais e de coleta da palha da cana nas lavouras para uso na geração de energia.

 

 

CREDICANA APÓIA PRODUTOR COM AVAL DA USINA
Parceria da Enersugar com a Credicana, instituição financeira ligada à Assocana – Associação dos Produtores de Cana da Média Sorocabana – garante a facilitação do crédito aos agricultores com custo financeiro reduzido graças à segurança que a usina confere aos contratos. 

Valdir Furlan e Ilze Cristina Spitzer Simões enfatizaram apoio da Credicana ao projeto da Enersugar


Ilze Cristina Spitzer Simões, gerente da unidade Credicana de Assis, participou da reunião e destacou a importância da Enersugar para o setor canavieiro, principalmente pelas propostas inovadoras que garantem opções seguras e mais adequadas a cada agricultor. Já o diretor operacional da Credicana, Valdir Furlan, enfatizou a iniciativa dos irmãos Finotti e de Sylvio Ribeiro, que já foi presidente da Assocana. O diretor enalteceu a sociedade formada pelos produtores de cana que fundaram a Enersugar e implantaram modelos inovadores que garantem segurança absoluta a todos os envolvidos na cadeia produtiva do agronegócio do setor canavieiro. A Credicana firmou parceria com a Ensersugar no sentido de facilitar a negociação do crédito, com custos reduzidos, graças à garantia que a própria usina oferece aos contratos de financiamento para plantio ou manutenção das lavouras.